Pesquisar este blog

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Blog "O Escritor"


Blog "O Escritor" é uma desgustação ilustrada do meu primeiro livro. Lá os leitores, além de empolgar-se com a trama, podem apreciar fotos do Rio antigo. Segue a sinopse abaixo: 
 
"Pode alguém impedir a morte escrevendo?
Na cidade do Rio de Janeiro de 1929, o escritor Carlos de Assis, que sofrera uma grande decepção, não consegue se declarar à professora Maria Clara Rabelo.
À medida que escreve o seu livro, uma série de assassinatos ocorre na cidade. Então, auxiliado por seu amigo Waldir Medeiros, Carlos decide investigar, pois ele é o único capaz de desvendar esse mistério.
 
(...)

O romance é uma viagem histórica pela então capital da República no final dos anos 20. Logo na introdução, há uma breve descrição da Avenida Rio Branco, que inicialmente chamava-se Central. A trama passa ainda pela Biblioteca Nacional, Teatro Municipal e Praça Mauá."
 
Vale à pena conferir o Blog "O Escritor".

Boa leitura a todos!
 

Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge


Nos cinemas brasileiros desde 27 de julho, Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises, 2012) é último filme da trilogia dirigida por Christopher Nolan. Roteirizado por David S. Goyer, Christopher Nolan e Jonathan Nolan, esse terceiro filme do homem-morcego tem no elenco Christian Bale (Bruce Wayne/Batman), Anne Hathaway (Selina Kyle), Tom Hardy (Bane), Michael Cane (Alfred Pennyworth), Matthew Modine, Joseph Gordon-Levitt, Marion Cotillard, Morgan Freeman (Lucius Fox), Gary Oldman (James Gordon), Liam Neeson (Ra's Al Ghul), Cillian Murphy (Dr. Jonathan Crane).





Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge é um ótimo filme, mas particularmente falando, ou mellhor, escrevendo, o excelente Batman - O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008) é melhor. Apesar do Bane de Tom Hardy ser assustador, o vilão interpretado por Heath Ledger no anterior roubou a cena como Coringa. A diferença entre os dois vilões é que o Coringa aterrorizava as pessoas por diversão - era um agente do caos - enquanto que Bane é um terrorista nato, que tem a missão de destruir Gothan dando continuidade aos planos de Ra's Al Ghul no primeiro filme.
 





Em seus 165 minutos de projeção, Batman demora bastante a dar o ar de sua graça. E quando finalmente aparece surge numa empolgante aparição, seguida de uma eletrizante perseguição que não dá em nada, uma vez que Bruce Wayne só está tentando provar a si mesmo que ainda é capaz de ser O Cavaleiro das Trevas após oito anos de ausência. O filme traz elementos já conhecidos do público, como Alfred, que em todos os filmes da série funciona como a voz da conciência de Wayne, trazendo razão a sua loucura em combater o crime. Pra não perder o costume, Lucius Fox retorna como o provedor armamentista de Wayne, sempre íntegro e altivo, mas sem perder o bom humor. Destaque também para o destemido Comissário Gordon, vivido por Oldman, que desempenha com nobreza a sua missão como chefe de polícia. Esses personagens, bem como os atores que os interpretam, por si só já dão grande suporte e carga emocional ao filme.














 

Após uma série de acontecimentos, dentre eles o desaparecimento do homem-morcego após uma rápida aparição; e alguns atos terroristas aqui e alí, Gothan torna-se uma zona de guerra, mas finalmente Batman - após sofrer no purgatório - ressurge como diz o título do filme e salva a cidade destruição. Parace uma trama simples, mas com Nolan nada é simples: a historia traz muitas surpresas. Confesso que achei o filme um pouco extenso demais, mas a conclusão foi surpreendente. Se ficasse no óbvio seria um péssimo desfecho e nisso Nolan concluiu com chave de ouro. A historia aproveita - e bem - elementos de Batman Begins para explicar os acontecimentos deste terceiro filme, apresentando um conclusão épica como prometeram os anúnios. As sequencias de ação, como sempre, são fantásticas, acompanhadas da empolgante trilha sonora de Hans Zimmer. Temos a presença do já conhecido batpod (batmoto) e a nova batwing (bat-asa), mas senti falta do tumbler (batmóvel). E seguindo a linha 007, temos as bondgirls, ou melhor, as batgirls, Anne Hathaway (Selina Kyle) e Marion Cotillard para iluminar as trevas na vida do homem-morcego. Realmente é uma pena que tenha acabado, mas nada é para sempre mesmo. E Nolan conclue o filme deixando uma pista para um possível filme solo do Robin. Vale à pena conferir Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

 

Facebook e Twitter do Fábio da Silva


Olá, meus fieis seguidores! Agora vocês podem acompanhar comentários e dicas sobre cinema e literatura com a mesma qualidade de sempre, além de conhecer um pouco mais do meu trabalho também pelo Facebook. Confiram o Blog do Fábio da Silva no Facebook e curtam bastante.


Sigam-me também pelo Twitter @fabiodasilva35 , curtam minha frases e comentários, e retwittem à vontade.
Grande Abraço a Todos!

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Frase

"Como o vinho, há pessoas que amadurecem com o tempo; outras, apenas envelhecem."

domingo, 12 de agosto de 2012

Percy Jackson e os Olimpianos: O Mar de Monstros


"O ano de Percy Jackson foi surpreendentemente calmo. Nenhum monstro que colocasse os pés no campus de sua escola, nenhum acidente esquisito, nenhuma briga em sala de aula. Mas quando um inocente jogo de queimado entre ele e seus colegas torna-se uma disputa mortal contra uma tenebrosa gangue de gigantes canibais, as coisas ficam, digamos, feias. E a inesperada chegada de sua amiga Annabeth traz outras más notícias: as fronteiras mágicas que protegem o Acampamento Meio-Sangue foram envenenadas por um inimigo misterioso...
Nesta vibrante e divertidíssima continuação da série iniciada com O ladrão de raios, Percy e seus amigos precisam se aventurar no Mar de Monstros para salvar o acampamento dos meio-sangues." (trecho extraído do próprio livro)

O Mar de Monstros - segundo volume da saga Percy Jackson e os Olimpianos - conta a historia de Percy e seus amigos, Annabeth e Grover, na busca do lendário Velocino de Ouro, artefato mágico capaz de impedir a destruição do acampamento dos meio-sangues. Tal como o anterior, esse livro é bem humorado, traz muitas referencias a mitologia grega e ainda conta com uma narrativa rápida, que não cansa o leitor. Eu recomendo essa obra de Rick Riordan, Percy Jackson e os Olimpianos: O Mar de Monstros, Editora Intrínseca, 304 páginas.